Home Dicas Dicionário Artigos Entrevistas Depoimentos Classificados Empregos Calendário Links Úteis Contatos

Estradas
Embaixada do Brasil Consulado do Brasil Missão do Brasil-CPLP Cultura Turismo Praias Aeroportos Estradas Automobilismo Autocarro e Elétrico Comboio Metrô Restaurantes Lojas Futebol Telefones Úteis Saúde Quem Somos Cidades de Portugal O Fado

 

[Área em construção]

 

 


                     
Ponte 25 de Abril

DIRIGIR EM PORTUGAL

Em Portugal, assim como no Brasil, o trânsito processa-se pelo lado direito. Nas praças, cruzamentos e entroncamentos, salvo sinalização em contrário, têm prioridade os veículos que se apresentam pela direita.

Nos cruzamentos com rotundas, têm prioridade os veículos que já se encontram a circular no interior.

Os sinais de trânsito, em Portugal, obedecem às normas internacionais.

 

 

O brasileiro em estadia em Portugal pode dirigir durante seis meses, a partir da data de sua chegada, com a carteira de motorista brasileira. Depois desse período, somente pessoas com o cartão de residente, ou seja, devidamente legalizadas no país poderão procurar o IMTT - Instituto de Mobilidade dos Transportes Terrestres, para providenciarem a carteira de condução. Mais informações poderão ser adquiridas no site dessa empresa:

www.imtt.pt

E também pelo telefone: 808.50. 20.20 

ALUGUEL DE AUTOMÓVEIS

Nos aeroportos, nas estações terminais de transportes internacionais de caminhos-de-ferro, e nas principais localidades, existem serviços de aluguel de automóveis sem condutor. É possível também, para os condutores com dificuldades de locomoção, o aluguel de veículos com caixa automática ou especialmente adaptados.

Para o aluguel de viaturas é necessário:

  • ter entre 21 e 25 anos (depende da locadora);

  • apresentar uma identificação (passaporte válido);

  • carteira de motorista válida há mais de um ano.

Quando dirigir em Portugal deve ter sempre consigo os documentos obrigatórios, que são:

  • Passaporte

  • carteira de motorista

  • Certificado de seguro do veículo (fornecido pela locadora)

  • Título de registo de propriedade do veículo ou documento equivalente (fornecido pela locadora)

  • Documento de identificação do veículo ou documentos equivalentes (fornecido pela locadora)

O Código de Estrada de Portugal proíbe a utilização de celulares durante a condução de veículos, com exceção dos dispositivos de alta voz ou o auricular.

O cinto de segurança é obrigatório para todos os passageiros, ou seja, a lotação deve respeitar o número correspondente de cintos de segurança que o carro tem: não leve ninguém a mais. Caso alguém no banco de trás esteja sem cinto e for parado pelos guardas de trânsito a multa vai em nome do passageiro que está sem o cinto, ao menos que ele seja menor de idade, neste caso, a multa vai para o motorista.

A faixa da direita (acostamento) é apenas para carros com problemas mecânicos ou em uma situação de emergência devidamente justificada, caso contrário poderá ser multado. Também é proibida a circulação de pedestres e buscar ou deixar pessoas nas auto-estradas, a não ser em casos de emergência comprovada.

Em Portugal não é permitido conduzir com uma taxa de alcoolemia igual ou superior a 0,5 gramas por litro. Quem ultrapassar a taxa máxima definida por lei, estará sujeito a multas, que variam em função do valor da taxa apurada. Assim, dirigir alcoolizado veículo com ou sem motor (bicicleta, triciclo, etc.) pode dar multas até 2.500 euros e até um ano de prisão.

Atenção: Em Portugal, a taxa de alcolemia no sangue é medida na hora através do bafómetro, você não pode recusar o exame, porque esta medida está amplamente amparada pela legislação portuguesa.

Atenção: Em Portugal, as multas são pagas no local e na hora!

Portugal possui uma ótima rede viária composta de:

  • auto-estradas                             (AE);

  • itinerários principais                   (IP);

  • itinerários complementares      (IC);

  • estradas nacionais                     (EN);
  • estradas Municipais.

CIRCULAR NA AUTO-ESTRADA

As auto-estradas portuguesas correspondem as estradas de alta velocidade brasileiras (rodovia, estrada).

As auto-estradas lusitanas são muito bem sinalizadas e pavimentadas. Em muitos trechos há locais para pagamento de pedágio (portagem). Alguns locais aceitam cartão, mas não são todos os tipos de cartões, somente os de débito, desta forma, é melhor ter sempre dinheiro para esse tipo de pagamento.

Nessas auto-estradas há as áreas de serviço, que são áreas de descanso com postos de gasolina, lanchonetes e banheiros, onde pode-se parar com segurança.

Se você estiver dirigindo e vir uma placa de trânsito: Atenção à berma. Você pensará logo: “o que será berma? Pode ficar tranquilo é o nome dado ao acostamento.

Nas auto-estradas com descidas acentuadas há os desvios de emergência, que podem ser usados no caso do veículo perder o freio.


Desvio de emergência

Caso resolva viajar durante o inverno e não tenha experiência para dirigir com neblina, queda de neve ou gelo, é melhor não arriscar dirigir nas serras mais elevadas (ex.: Serra da Estrela).

O número de telefone que você poderá ligar em caso de emergência é o 112.

 Há também os telefones das concessionárias que são responsáveis pelas estradas, mas essas empresas variam de acordo com a região:

  • BRISA:                         800.508.508

  • AENOR:                        707.221.221

  • AE do ATLANTICO:         261.318.777

  • AE DA BEIRA INTERIOR:   964.939.390

  • EROSCUT ALGARVE:        289.401.301

  • EROSCUT NORTE:           808.201.423

 Para mais informações consulte os sites:

Estradas de Portugal: www.estradas.pt

Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária: www.ansr.pt

Instituto de Meteorologia de Portugal: www.meteo.pt

VIAJAR DE BICICLETA

O seu sonho é passear por vilas e cidadezinhas charmosas? Atravessando Portugal de bicicleta, como pode ser feito na Holanda e na Dinamarca?

  • Fique avisado que é proibido o uso de veículos lentos, bicicletas e ciclomotores, além dos tratores nas auto-estradas (estradas de alta velocidade).

  • É, também, proibido a circulação de pedestres e buscar ou deixar pessoas nas auto-estradas, a não ser em casos de emergência comprovada.

  • O ciclista deve respeitar o limite de velocidade indicado na sinalização, cujo desrespeito implica multas de até 125 euros.

  • Os condutores de bicicleta, assim como o condutores de automóveis, tem de parar na faixa de pedestre. A multa nesse caso pode chegar a até 300 euros.

  • Assim, como acontece no Brasil, as bicicletas só podem atravessar a faixa de pedestre quando conduzidas à mão.

Se você é ciclista terá que consultar o site www.ciclovia.pt  ou entrar em contato com a empresa Estradas de Portugal S. A., informando-se sobre o melhor roteiro para ciclistas. Também poderá obter informações através da Federação Portuguesa de Cicloturismo e Utilizadores de Bicicleta: http://www.fpcub.pt/pt/index.php

Diferenças linguísticas relacionadas ao trânsito, que você irá encontrar quando estiver em Portugal:

E se alguém lhe falar dos peões na passadeira, não fique imaginando que é um desfile de peões de boiadeiro. O pedestre é o peão e a faixa de pedestre é a passadeira. Você verá algumas placas de trânsito com esses nomes.

Outras diferenças entre o português do Brasil e o português de Portugal que você deve saber:

  • Carteira de motorista = carta de condução

  • Carteira de identidade = BI (bilhete de identidade)

  • Multas = coimas

  • Rodovias e estradas = auto-estrada

  • Lombadas = lombas

  • Pedágio = portagem

  • Freio, breque = travão

  • Moto = mota

  • Caminhonete = "pickup"

  • Van = Van ou carrinha

  • Caminhão = camião

  • Conversível = descapotável

  • Sinal de Pare = "Stop" em toda a Europa.

  • Rótula ou Rotatória = rotunda

  • Aluguel = aluguer

  • Acostamento = berma

  • Gari = varredor de rua ou almeida

  • Cego = invisual, cego
  • faixa de pedestre= passadeira
  • automóvel = viatura

O site www.brasileirosemportugal.net não se responsabiliza pelos conteúdos, produtos e/ou serviços prestados dos sites anunciados.

Home ]

Envie mensagem a webmaster@brasileirosemportugal.net com perguntas ou comentários sobre este site da Web.
Copyright © 2011 Brasileiros em Portugal
Última modificação: 19 March, 2014